Cromação em Plástico

home-01
home-02
home-03
home-04
home-05
home-06

Processo de cromação em Plásticos ABS: O plástico é um material não condutor, portanto é necessário que a superfície da peça seja condicionada, para que possa receber uma camada condutora, através da deposição química do níquel químico, que servirá de base para as camadas seguintes, que serão eletrodepositadas. No caso do plástico ABS utilizamos a seguinte sequência:

Plástico ABS: A sigla ABS deriva dos nomes, em inglês, dos elementos que compõe o material: acrylonitrile, butadiene, styrene, que em português denominam-se acrilonitrila, butadieno e estireno.

Os processos ocorrem através de procedimentos e parâmetros de operação pré-definidos conforme as características das peças a serem beneficiadas e as solicitações dos clientes.

No processo industrial é utilizado água da rede pública – SABESP, e os efluentes são tratados conforme normas da CETESB.

1) Condicionamento e ativação da superfície das peças por imersão;

2) Deposição química do Níquel Químico;

3) Eletrodeposição do Cobre;

4) Deposição eletrolítica do Níquel Brilhante;

5) Eletrodeposição do Cromo